sexta-feira, 18 de junho de 2021

Geleia de cascas e caroços de Alperce comaroma de Baunilha



Alperce ou Damasco?

Há quem diga que a norte de Portugal se prefira dizer «damasco», enquanto que a sul de Portugal se costuma dizer «alperce»!

E ainda que os dois pertençam à mesma família do «pêssego», sendo ao mesmo tempo frutos bastante nutritivos, logo contendo ótimos benefícios para o nosso organismo, também há quem diga que a sua grande diferença está na casca, ou seja: o «alperce» é mais “peludo” do que o damasco!

Já agora: o alperce também é uma fruta conhecida no norte da China desde 2000 a.C., sendo muito cultivada em diversos países, com inúmeros híbridos e variedades, principalmente devido à sua madeira dura e ao seu fruto, o damasco, por sua vez também chamado de apricó, abricó, abricô, abricoque, abricote, alberge, albricoque, alpece, alperce e alperche.

Benefícios do Alperce ou Damasco

  • O alperce fresco e maduro possui muita fibra e poucas calorias.
  • Alperce é uma boa fonte de betacaroteno, a forma vegetal da vitamina A, e um dos nutrientes antioxidantes que os estudos em curso sugerem poder ajudar a prevenir doenças degenerativas, como cancros e doenças cardíacas.
  • Os alperces enlatados em sumo natural possuem menos de metade do betacaroteno presente nos frutos frescos ou secos, mas o sumo é uma boa fonte de vitamina C.
  • O alperce ou damasco possui um grande poder laxante, também auxilia nos problemas de retenção de líquidos, pois é diurético.
  • O damasco ou alperce seco possui bastante potássio, pois tem fibras solúveis que ajudam no bom funcionamento do intestino, além de possuir uma quantidade significativa de ferro, fundamental no transporte de oxigênio para as células, para além de ser rico em vitaminas A e B e de praticamente não possuir gorduras.
  • O alperce ou damasco atua sobre o sistema nervoso, não só no seu desenvolvimento, mas facilitando o impulso nervoso, e inclusive ideal para aquelas pessoas que sofrem de stress.
  • O damasco, por conter bastante ferro, passa a ser primordial no combate a anemia.
  • O alperce também possui vitamina C, potássio, proteínas e cálcio, que fortalece o sistema imunológico regulando os batimentos do coração, músculos e previne a osteoporose.
  • O damasco ou alperce, também é rico em caroteno, que previne vários tipos de câncer, sendo que a melhor opção é o seco, pois contém nutrientes de maneira concentrada, no entanto é mais calórico.
  • O damasco é fonte de vitamina A, sendo ideal para a saúde dos olhos, contendo também vitaminas B1, B2, B3, B5, C, potássio, sódio, magnésio, fibras e muito mais..
  • O fruto também ajuda fortalecer os ossos, em que o fósforo, o potássio e o cálcio contidos no fruto dão conta do recado.

Mais algumas utilidades e curiosidades

  • A denominação “alperce” vem do latim praecox, que significa precoce, já que este é um dos primeiros frutos a anunciar o Verão. Mas esta não é a única razão que faz deles ótimos candidatos para levar para a praia.
  • Quando escolher alperces, opte pelos frutos que cedam ligeiramente ao toque e que não tenham manchas castanhas na pele. Cheire-os: o alperce fresco liberta um suave aroma. Amadurece muito depressa, pelo que deve ser consumido rapidamente. Mantenha-os no frio para que se conservem por mais tempo e retire-os do frigorífico uns minutos antes de consumir, para que desenvolvam os seus aromas.
  • A amêndoa do caroço do alperce (a semente) também se aproveita na cozinha: os italianos usam-na para substituir ou reforçar o sabor da amêndoa amarga na confeção dos tradicionais biscoitos amaretti, e os franceses no fabrico dos licores Noyau de Poissy.
  • Os alperces secos têm mais calorias do que os frescos e também concentram mais nutrientes, razão pela qual fizeram parte da dieta dos astronautas norte-americanos na missão lunar Apollo 15. Pela mesma razão, os desportistas beneficiam muito deste alimento energético.

RECEITA NA CATEGORIA DE SNACKS E LANCHES: Geleia de cascas e caroços de Alperce com aroma de Baunilha



Ingredientes:

  • 400 gr de cascas e caroços de alperce
  • 1l de água
  • 600 g de açúcar
  • 1 colher de chá de aroma de baunilha

Confeção:

  1. Colocar as cascas e os caroços dos alperces num tacho, juntamente com a água.
  2. Deixar ferver cerca de 1h em lume brando, para depois escorrer tudo muito bem através de um coador fino.
  3. Levar o líquido coado novamente ao lume juntamente com o açúcar.
  4. Deixar ferver novamente cerca de 1h, ou até a geleia estar no ponto.
  5. Colocar a geleia em frascos esterilizados e fechar, virando-os para baixo durante algum tempo para criar vácuo.

Sem comentários:

Enviar um comentário